Como Vinicius Possebon chegou na Ana Maria Braga

Como um personal trainer de Caxias do Sul se transformou no preparador físico com mais de 40 mil alunos que conquistou a Ana Maria Braga

 

Vinicius Possebon construiu um grande negócio digital do zero, mas a conquista de reconhecimento veio com um esforço que vai além da venda

 

Quem conhece Vinicius Possebon e o programa Queima de 48 Horas, o Q48, talvez não se dê conta de que sua história é um exemplo de como se constrói autoridade por meio da mídia. No dia 25 de novembro de 2016, a apresentadora Ana Maria Braga, da Rede Globo, mostrava o Q48 e uma entrevista com Vinicius Possebon no Projac, para uma audiência de 6 milhões de telespectadores*. O que poucos sabem é que o caminho para chegar a um dos programas de TV que mais influenciam o comportamento dos brasileiros exige um trabalho intenso e próximo. Não se trata de uma conquista fácil.

 

Primeiro passo: posicionar e ensinar

Quase dois anos antes de entrar pela porta da frente do Projac, Vinícius Possebon já era um dos maiores nomes do mercado digital no Brasil, mas com pouco reconhecimento fora deste grupo específico. Seu programa de treinamento já vendia e se consolidava como um dos principais cases de sucesso da Fórmula de Lançamento, que reúne algumas das técnicas e ferramentas mais conhecidas para negócios online.

 

Primeiro, era preciso posicionar Vinicius Possebon perante a mídia – e consequentemente, perante um público muito maior. Junto com isso, era necessário apresentar o conceito por trás do Q48 e mostrar ao mundo que Vinicius Possebon era um especialista na área.

 

É por isso que o objetivo inicial era mostrar à mídia e ao público que o HIIT (Treinamento Intervalado de Alta Intensidade), que embasa o programa Q48, realmente funciona. Além de apresentar as pesquisas que comprovam sua eficácia, definimos o posicionamento de Possebon como um preparador físico. Trata-se de um posicionamento diferente do termo comumente utilizado, “personal trainer”. Posicionar-se como preparador físico faz muito mais sentido, já que existem diversos profissionais que se colocam como personal trainers. Ainda, vale ressaltar que o especialista em questão sequer trabalhava com clientes diretos, o que de fato não o fazia personal trainer. A construção conjunta de Possebon com a Sigma permitiu que construíssemos, juntos, uma forma de abordagem que mostrasse o novo – e verdadeiro – papel dele.

 

Oportunidades e acompanhamento de perto

Uma estratégia importante para fazer com que o nome de Vinicius Possebon fosse vinculado ao Q48 foi utilizar pautas de oportunidade, ou seja, apresentá-lo como fonte confiável para as pautas apresentadas pelos veículos de comunicação. Acompanhar o cliente de perto, fazendo parte de sua equipe, fez com que o lançamento do livro “O Segredo da Queima de 48 Horas” e do aplicativo Q48 marcassem presença e mostrassem que não se tratava apenas de um projeto, mas de uma marca com uma empresa e uma equipe completa.

 

A mídia como aliada

A ideia de propor que alguns jornalistas praticassem os exercícios do Q48 não apenas levou mais credibilidade ao trabalho de Possebon, mas também aproximou o especialista dos jornalistas. Foi esse tipo de conexão que fez com que esses profissionais compreendessem profundamente a proposta do Q48 e repassassem ao público.

 

Alguns dos resultados de maior destaque foram:

 

 

 

 

Proteção da marca e imagem

Ao longo desse período, Vinícius Possebon também teve sua marca protegida. Enquanto se conectava com diferentes influenciadores, desde modelos interessadas em emagrecer a Youtubers com audiência significativa, algumas marcas com audiências díspares e credibilidade duvidosa se aproximaram de Possebon. Coube à Sigma Six estudar e analisar os riscos e a necessidade de responder com uma negativa: neste momento, a parceria

 

O próximo nível na Pirâmide da Autoridade

Após se tornar um Especialista e ter seu público específico no mercado digital, Vinicius Possebon se tornou, inquestionavelmente, uma Autoridade. Hoje, ninguém faz objeções ao crédito do especialista, nem à importância ou à efetividade de um treinamento como o Q48. Com um trabalho que envolve atividades que vão muito além da assessoria de imprensa, Possebon segue a estrada que o levará ao topo da pirâmide e o tornará uma Celebridade-autoridade. Ouvir a Ana Maria Braga dizendo “sou sua fã” indica que ele está no caminho certo.